Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Rio

Unimed descredencia cinco filiais de laboratório em quatro cidades da Baixada



Desde que foi diagnosticada com chikungunya, a dona de casa Aparecida Paulino do Nascimento, de 55 anos, faz exames de sangue semanalmente para checar o nível de plaquetas. Moradora da Posse, em Nova Iguaçu, recebeu outra péssima notícia na semana passada: o laboratório Dr. Emerson, onde costumava fazer os exames, no bairro, foi descredenciado pela Unimed. Ela está entre os 150 mil clientes do plano de saúde prejudicados na Baixada.

Além da unidade da Posse, outras quatro do laboratório foram descredenciadas: em Miguel Couto, Nova Iguaçu, no Centro de Queimados, em Nilópolis e em Belford Roxo. A medida começou a valer na última segunda-feira,e muitos consumidores reclamaram que foram pegos de surpresa.

— Ainda sinto dores e tenho febre. Não tenho condições de ir para o Centro de Nova Iguaçu. A alternativa é a UPA, mas está sempre muito cheia — lamentou Aparecida.

Moradora de Vila de Cava, a vendedora Eliane Albuquerque Vital, de 33, mora a 10 minutos do laboratório Dr. Emerson no bairro Miguel Couto. Agora terá que enfrentar um trânsito de uma hora para fazer os exames.

— Soube sexta-feira, quando fui fazer um exame. Fui informada de que era o último dia que atenderiam pela Unimed. Segunda-feira, precisei voltar lá e muita gente estava chegando para procurar atendimento sem saber de nada — contou Eliane.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) informou que cada prestador de serviço descredenciado dos planos de saúde deve ser substituído por outro equivalente, segundo a Lei 13.003. Pela lei, a operadora tem que comunicar aos consumidores sobre todas as substituições de prestadores de serviços não hospitalares com 30 dias de antecedência, no mínimo. O plano de saúde é multado em R$ 30 mil se não substituir o prestador e em R$ 25 mil se não informar adequadamente os clientes. A operadora de plano de saúde que não oferecer alternativas para o atendimento dentro de três dias, no caso dos laboratório de análises clínicas, deve reembolsar integralmente os custos assumidos pelo consumidor.

Unimed diz que credenciou dois novos grupos de laboratórios

Segundo nota do diretor administrativo da Unimed Nova Iguaçu, José Roberto Pinto Barbosa, foram descredenciados cinco postos de coleta do mesmo laboratório e não cinco instituições diferentes. Disse ainda que essa é uma prática regular, e que os contratos entre as operadoras de saúde e a rede prestadora permitem a rescisão unilateral oriunda da vontade de qualquer das partes.

Ele informou também que a Unimed Nova Iguaçu tem mais de 15 laboratórios na sua área de atuação, que seria o suficiente para atender a demanda da região. Informou ainda que é uma concentração de prestadores que supre as exigências da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

O diretor administrativo anunciou que dois novos grupos de laboratórios foram credenciados. São eles: o Labormed, que começa atender usuários da Unimed a partir do próximo dia 2, e o Lafe, que vai começar a partir da próxima sexta-feira.

Ainda segundo a nota do diretor, a conduta da operadora foi dentro da legalidade, já que a informação aos clientes foi atualizada e disponibilizada aos clientes através do site.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente