Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mulher

Vaidade muda de lado e reflete a imagem masculina



Beka Andrade, Edição

Atualmente é muito comum encontrar homens que se preocupam com a aparência e saúde do corpo. E isso é muito bom! Afinal, a pele masculina também merece ser bem tratada.

No mercado já existem diversos produtos voltados apenas para o consumo masculino. São hidratantes, loções, perfumes e cremes específicos para cara área do corpo. E mais do que manter a beleza em dia, esses produtos e cuidados são essenciais para a saúde e bem estar do consumidor.

A pele masculina é muito mais grossa e oleosa do que a pele da mulher. Os homens costumam ainda a acumular mais suor, o que ao contrário do que muitos pensam, resseca a pele. Esses fatores contribuem para o envelhecimento precoce da pele, além disso, existe a constante exposição ao sol que muitos homens enfrentam no dia a dia.

É importante lembrarmos que a pele é a principal barreira entre o meio externo e nosso organismo. As células existentes em nossa pele são responsáveis por produzir uma secreção natural que protege e hidrata a pele, deixando mais firme e segura.

Quando a pele não recebe os cuidados necessários, ela sofre ressecamentos, irritações e passa a envelhecer precocemente. Principalmente a pele do rosto, que é mais frágil. Os cuidados devem ser constantes, principalmente em períodos de tempo seco e frio.

O uso excessivo de sabonetes e banhos muito quentes devem ser evitados. Já a hidratação, essa sim deve ser feita sempre. Independente da idade, os homens devem investir em tratamentos específicos para seu tipo de pele.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente