Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Vítima de bullying, moça se vinga dando ‘pé na bunda’ de Don Juan

Publicado

Foto/Imagem:


Se você não fazia parte do grupinho de crianças populares, provavelmente sofreu bullying na escola. Mas imagina se tivesse a oportunidade de se vingar disso mesmo depois de oito anos? Foi o que aconteceu com a americana Louisa Manning.

De acordo com o The Gloss, ela tinha 12 anos quando foi chamada de Manbest (besta-fera) e insultada por seus colegas por conta de seu peso. Por isso, teve distúrbios alimentares, pulou refeições e teve vergonha da sua aparência por muito tempo.

O que ela não esperava é que um desses meninos a convidaria para sair anos mais tarde. Ela pensou em dizer não, mas percebeu que tinha uma brilhante oportunidade de se vingar. Então ela aceitou o convite, foi até o local e pediu para o garçom entregar a seguinte carta para o ex-colega de classe.

“Então, desculpe. Eu não posso acompanhá-lo essa noite. Você se lembra aos 8 anos, quando eu era gorda e você fazia piadas com meu peso? Não? Eu lembro – passei os três anos seguintes comendo menos de uma maçã por dia. Então e decidi pular o jantar.

Pensei em enviar isso para você como um lembrete. Da próxima vez que pensar em mim, lembre-se da menina nessa foto porque ela é a única que ficou do seu lado.”

Lembra-se da monocelha que você zuou? Dos pelos nas pernas que você achava nojento? Lembra como todos os dias por três anos você e seus amigos me chamavam de Manbeast (besta-fera)? Não, talvez você não se lembre – ou não conseguiu imaginar como eu seria oito anos depois para me considerar desejável o suficiente e me tratar como um ser humano.

Não demorou muito para que a carta tivesse vários compartilhamentos no Facebook e para que ele mandasse um pedido de desculpas: “eu estava aqui realmente procurando uma oportunidade de conhecer pessoas e fazer amigos, não porque você é desejável. Não posso mudar quem eu fui quando tinha 8 anos, e não vou insultar sua inteligência e fingir que isso não aconteceu, mas espero que você acredite em mim quando eu digo que sou uma pessoa completamente diferente agora. Só posso pedir desculpa e te desejar o melhor”.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade